Skip to main content

European Education Area

Quality education and training for all

Selo Europeu das Línguas

Dia Europeu das Línguas

O Dia Europeu das Línguas comemora-se anualmente a 26 de setembro, constituindo uma oportunidade para:

O Dia Europeu das Línguas foi estabelecido pela Comissão Europeia e pelo Conselho da Europa, que representa 800 milhões de europeus de 47 países. A iniciativa conta com a participação de diversos institutos culturais e linguísticos, associações, universidades e, em especial, escolas. O Dia Europeu das Línguas foi criado em 2001 – o Ano Europeu das Línguas – e, desde então, tem sido comemorado anualmente.

Em 26 de setembro, e nos dias que antecedem e se seguem a esta data, têm lugar em toda a Europa eventos como aulas de línguas, jogos, palestras, conferências, programas de rádio, etc.

Para mais informações sobre os últimos eventos, consulte o sítio do Conselho da Europa dedicado ao Dia Europeu das Línguas. Os gabinetes de representação da Comissão Europeia, em colaboração com os respetivos parceiros, organizam uma grande variedade de eventos em todos os países da UE.

Selo Europeu das Línguas

O Selo Europeu das Línguas é um prémio que incentiva o desenvolvimento de novas técnicas e iniciativas no domínio da aprendizagem e do ensino de línguas, bem como o reforço da sensibilização intercultural em toda a Europa. 

O Selo Europeu das Línguas é atribuído anual ou semestralmente às iniciativas de aprendizagem de línguas mais inovadoras em cada país do programa Erasmus+ que participa no prémio. O selo abrange todos os setores da educação e da formação. 

O Selo Europeu das Línguas apoia iniciativas a nível nacional e local para, em especial, melhorar o nível de ensino das línguas em toda a Europa. O Selo Europeu das Línguas é normalmente atribuído pelas agências nacionais Erasmus+.

Eis alguns exemplos de iniciativas linguísticas distinguidas com o Selo Europeu das Línguas:

Estudos recentes sugerem que o multilinguismo é uma das melhores formas de manter o cérebro em forma. As pessoas que são multilingues tendem a ser melhores na execução de várias tarefas em simultâneo, a ter melhor memória e a usar a língua de forma mais precisa. Esta é a premissa de base da iniciativa Wise Words (Dinamarca), que visa informar os alunos, os pais e os professores sobre as vantagens do multilinguismo e reconhecer competências linguísticas avançadas. No âmbito da campanha, os alunos relatam a sua própria experiência do multilinguismo e descrevem os desafios e as oportunidades que esta competência lhes traz num contexto escolar e educativo.

A iniciativa Happy together (Malta) procura ajudar os estudantes a melhorarem o seu conhecimento da língua maltesa, independentemente das respetivas aptidões. A escola tem 1100 estudantes e 170 efetivos. Os estudantes têm 55 nacionalidades diferentes de todo o mundo. Mais de 70 % dos estudantes da escola não são de nacionalidade maltesa. Uma vez que esta foi sempre a realidade da escola, desenvolveram-se uma atmosfera e estratégias que fazem com que todos se sintam à vontade, servindo como fonte de inspiração para outras escolas. 

A iniciativa Limba nostra (Itália) é dirigida por um consórcio de escolas que criaram novos programas de ensino em sardo e galurês em fases escolares consecutivas, desde o ensino pré-escolar ao ensino básico e secundário. O projeto seguiu uma abordagem multidisciplinar que permitiu aos estudantes aprender conteúdos geográficos, ambientais, históricos e antropológicos através da aprendizagem de línguas.

Para fazer face ao desafio colocado pelo aumento da imigração e contribuir para uma melhor integração, a região da Úmbria tem, desde há muito, uma rede de estabelecimentos universitários, de escolas de adultos e de organizações sem fins lucrativos que partilham objetivos, ferramentas e fundos para desenvolver programas linguísticos dirigidos a migrantes e cidadãos estrangeiros: Corsi Integrati di Cittadinanza — Conoscere l’Italiano per Comunicare!

The European Day of Languages is a yearly event held on 26 September. It offers a chance to

  • raise awareness of the broad variety of languages in Europe
  • promote cultural and linguistic diversity
  • encourage people of all ages to learn languages

Learning languages makes it easier to connect with others, find a job and for businesses to grow. 

The European Day of Languages was established in 2001 by the European Commission and the Council of Europe and has been celebrated every year since.

Many language and cultural institutes, associations, universities and, in particular, schools take part. Language classes, games, talks, conferences, radio shows and more take place all across Europe on and around 26 September.

More information on the latest events can be found on the Council of Europe's European Day of Languages website. The European Commission's representation offices organise a large array of events in collaboration with their partners in all EU Member States.

2021 European Day of Languages

Find out what the European Union is doing to promote a comprehensive approach to the teaching and learning of languages

Follow us on social media

For more updates about European language initiatives, follow 

Related content